JESUS FOI UM HOMEM CASADO: PROVA ENCONTRADA EM PAPIRO ANTIGO

Posted by on 31/05/2017

casamento-sagrado

Uma “prova documental” de que Jesus era casado encontrada em papiro antigo que menciona como Jesus  falou de Maria Madalena como sendo sua esposa.

 Se verdadeiro, o documento lança dúvidas sobre uma apresentação oficial da igreja romana, durante séculos, de Maria Madalena como uma prostituta arrependida e derruba o ideal (católico romano) cristão de abstinência sexual.  Elabora-se uma tendência antiga e persistente no pensamento cristão, que Jesus e Madalena eram de fato um casal (que inclusive tiveram filhos), como apresentado por Dan Brown na trama de seu thriller best-seller “O Código Da Vinci”.

Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch

UMA BOMBA CONTRA DOGMAS E MANIPULAÇÃO. Uma “prova documental” de que Jesus era casado encontrada em papiro antigo que menciona como Jesus  falou de Maria Madalena como sendo sua ESPOSA.

Por Damien Gayle – Fonte: http://www.dailymail.co.uk/

MailOnline - news, sport, celebrity, science and health stories

Um fragmento de um antigo papiro recentemente descoberto (ou somente agora revelado) faz a sugestão explosiva que Jesus e Maria Madalena eram marido e mulher, eles eram casados dizem os pesquisadores. O fragmento do tamanho de 8 X 4 centímetros suporta/apoia uma corrente no pensamento cristão que mina séculos de dogmas da Igreja católica romana, sugerindo que o Messias cristão não era um celibatário.

O centro do fragmento contém a frase bombástica onde Jesus, falando a seus discípulos, diz: “minha esposa”, que os investigadores acreditam que se refere à Maria Madalena.

Explosivo: O papiro antigo que aparentemente prova que Jesus foi casado com Maria Madalena

No texto, Jesus parece estar defendendo-a de algumas críticas, dizendo queela vai ser minha discípula{ n.t. E ela realmente foi sua principal discípula, fato subtraído desde os primórdios da história da igreja de Roma que sempre suprimiu o poder e o aspecto feminino da divindade. O deus de roma é castrado e pedófilo}. Duas linhas depois, ele então diz aos discípulos:  Eu moro com ela.”

Se verdadeiro, o documento lança dúvidas sobre uma apresentação oficial da igreja romana, durante séculos, de Maria Madalena como uma prostituta arrependida e derruba o ideal (católico romano) cristão de abstinência sexual.  Elabora-se uma tendência antiga e persistente no pensamento cristão, que Jesus e Madalena eram de fato um casal, como apresentado por Dan Brown na trama de seu thriller best-seller “O Código Da Vinci”.

O manuscrito incompleto, escrito em língua copta do antigo Egito, tem sido estudado pela Professora Karen L. King, professora de teologia na Universidade de Harvard, a dotação de assento acadêmico mais antiga dos EUA. A Professora King vai apresentar hoje um trabalho sobre a descoberta em uma conferência internacional em estudos coptas em Roma após a realização de testes extensivos e pesquisas para estabelecer a autenticidade do documento.

Ela disse à Smithsonian Magazine que o fragmento lança (enormes) dúvidas “sobre toda a alegação católica do celibato sacerdotal baseada em Jesus “como um celibatário.”  Ela acrescentou: “O que isto mostra é que houve para os primeiros cristãos, para quem a idéia… a união sexual no casamento poderia ser uma imitação da criatividade de Deus e da geração e que poderia ser espiritualmente correta e adequada. “

Antiguidade: O verso do papiro está tão danificado que apenas algumas palavras-chave – ‘minha mãe’ e ‘três’ – foram decifráveis.

Em um próximo artigo no Teological Harvard Review, a Professora King especula que este assim chamado ‘Evangelho da Esposa de Jesus “pode ter sido jogado no” lixo porque as ideias nele contidas fluiu tão fortemente contra as marés das correntes ascéticas em que as práticas e o entendimento do casamento e das relações sexuais foram surgindo na igreja católica.

A Professora King minimiza a validade do fragmento como um documento biográfico, dizendo que ele  provavelmente foi confeccionado no primeiro século, em grego ou então após a crucificação e, posteriormente transcrito para o copta. Seu significado em vez disso reside na possibilidade de que uma primeva seita cristã buscou socorro espiritual ao retratar o seu profeta como tendo uma esposa.

Esta representação de Jesus como um homem de paixões e necessidades terrenas não sobreviveu nas doutrinas das igrejas estabelecidas, que enfatizam o celibato e o ascetismo como um ideal espiritual. A interpretação do texto pela Professora King se baseia no pressuposto de que o fragmento é genuíno, uma questão que  de modo algum esta definitivamente resolvida.

Um evangelho diferente: TEXTO DO FRAGMENTO EXPLOSIVO 

O verso do antigo papiro está tão danificado que apenas algumas palavras-chave – “minha mãe” e “três’ -foram decifradas, mas na parte da frente, ou recto, a Professora King decifrou oito linhas fragmentárias:

  • Não [para] mim. Minha mãe me deu vi [da] …
  • Os discípulos disseram a Jesus,
  • Negar. Maria é digno de
  • Jesus disse-lhes: Minha esposa
  • Ela será capaz de ser minha discípula
  • Deixe as pessoas perversas aumentarem (de número)
  • Quanto a mim, eu moro com ela, a fim de 
  • Uma imagem 

VIDEO: Harvard Professor Karen King explains what is on the papyrus fragment:

Como os testes químicos de sua tinta ainda não foram feitos, o papiro ainda pode ser contestado com base na sua autenticidade, embora especialistas independentes deram o seu apoio com base em outros casos. Para autenticar o papiro, a Professora King enviou fotos para Anne Marie Luijendijk, professora na Universidade de Princeton e uma autoridade em  papiros coptas e escrituras sagradas.

A Professora Luijendijk retransmitiu as imagens para Roger Bagnall, um papirólogo de renome, que dirige o Instituto para o Estudo do Mundo Antigo da Universidade de Nova York. Conhecido por suas avaliações mais conservadoras da autenticidade e data de papiros antigos, o Professor Bagnall, no entanto, confirmou que ele acreditava que o documento era genuíno.

O dialeto do escriba e o estilo de escrita, a cor e a textura do papiro, ajudaram a data-lo para a segunda metade do século IV d.C. e colocam a sua provável origem no Alto Egito (Delta do Rio Nilo). Os detalhes do fragmento que apoiam uma outra visão da vida de Jesus que começou a ganhar força desde a descoberta de um esconderijo de antigos manuscritos em Nag Hammadi, no Alto Egito, em 1945.

Estes manuscritos, incluindo o evangelho de Tomé, o Evangelho de Filipe e o SECRETO Apocalipse de João, delineiam a versão gnóstica chamada de cristianismo que difere muito da linha oficial da Igreja (catolicismo).

O Que é o cristianismo gnóstico?

O gnosticismo é um termo acadêmico moderno para um conjunto de crenças religiosas esotéricas encontradas entre os primeiros grupos cristãos que acreditavam que a realização do conhecimento intuitivo é o caminho para a salvação.

Em geral, eles acreditavam que o mundo material foi criado por Deus, mas não através de algum intermediário sendo por vezes identificado como Ahriman, Satanás ou Javé.

Jesus é identificado por alguns gnósticos como uma encarnação do ser supremo que se encarnou para trazer Gnosis (conhecimento) à terra, de acordo com a Wikipedia. Outros negam que Jesus era Deus feito carne, afirmando-lhe apenas que seria um ser humano que alcançou a divindade através da iluminação e ensinou seus discípulos a fazer o mesmo.

O movimento se espalhou em áreas controladas pelo Império Romano e entre os godos arianos, e do Império Persa, crença que continuou a se desenvolver no Mediterrâneo e no Oriente Médio antes e durante os séculos II e III. 

A Conversão ao Islã e a Cruzada dos Albigenses {n.t. Levada a efeito pela igreja de Roma contra o maior centro gnóstico da Europa, no sudoeste da França em Albi, Toulose, Carcassone, que assassinou milhares de gnósticos } em 1209-1229, reduziu muito o número restante de gnósticos, durante a Idade Média, embora algumas comunidades ainda existam.

Idéias gnósticas e pseudo-gnósticas se tornaram influentes em algumas das filosofias esotéricas de vários movimentos místicos do final dos séculos 19 e 20 na Europa e América do Norte.

Perseguidos e muitas vezes separados uns dos outros, as antigas comunidades cristãs tinham opiniões muito diferentes sobre doutrinas fundamentais sobre o nascimento de Jesus, sua vida e morte. Foi somente com o estabelecimento do cristianismo (melhor seria dizer catolicismo) como religião oficial do Império Romano que o imperador Constantino convocou 300 bispos para emitirem uma declaração definitiva da doutrina cristã (católica).

Este assim chamado Credo Niceno – nome derivado da cidade de Nicéia, o local onde se encontraram os bispos  afirmou um modelo de crença cristã de que é até hoje considerado como uma ortodoxia. As origens deste último fragmento de papiro antigo revelado ainda são desconhecidas. A Professora King o recebeu de um colecionador anônimo que o tinha encontrado entre um monte de papiros gregos e coptas antigos.

Acompanhando o fragmento acompanhava uma nota sem assinatura e sem data manuscrita de um tradutor afirmando que é o único exemplo de um texto em que Jesus se refere em discurso direto como tendo uma esposa. A Professora King, que é capaz de ler copta antigo, acredita que algumas das frases dentro das passagens do texto tenham eco em Lucas, Mateus e os evangelhos gnósticos sobre o papel da família.

Estes paralelos convenceram-na de que este relato da vida de Jesus foi composto originalmente no século II dC quando tais questões foram tema de debate teológico intenso. Aqueles que não concordavam com a linha oficial estabelecido pelo Concílio de Nicéia foram no tempo marcado pela Igreja Romana como hereges e todos os seus ensinamentos foram suprimidos (e muitos foram simplesmente assassinados).

 

Permitida a reprodução desde que mantida a formatação original e as fontes.

thoth(172x226)                                                           www.thoth3126.com.br

AVES ESCOLHEM VIZINHOS COM PERSONALIDADES SEMELHANTES ÀS SUAS

Investigadores da Universidade de Oxford descobriram que os chapins-reais machos escolhem vizinhos com personalidades semelhantes às suas.

Uma equipa de investigadores da Universidade de Oxford descobriu que os chapins-reais (Parus major) machos escolhem vizinhos com personalidades semelhantes às suas. Esta conclusão é o resultado do estudo de uma população de chapins-reais selvagens, ao longo de seis épocas de nidificação consecutivas, na floresta de Wytham, em Oxfordshire.

“Descobrimos que os machos, mas não as fêmeas, eram seletivos com as personalidades e que optavam por vizinhos semelhantes a eles. As nossas conclusões enfatizam o facto de que as interações sociais podem ter um papel fundamental nas decisões dos animais”, explicou Katerina Johnson, autora do estudo, que foi publicado na revista científica Animal Behaviour.

Esta tendência que os machos têm de se associar a outros de personalidade semelhante pode provar-se particularmente importante durante a época de nidificação, quando a agressividade culmina. Como os machos competem pelas fêmeas e defendem os seus territórios agressivamente, os machos mais tímidos podem evitar construir um ninho perto de aves mais ousadas e agressivas.

De facto, os investigadores notaram que as aves até pareciam dar mais importância a esta seleção de temperamentos do que ao próprio local. “Como estudantes a escolher os seus companheiros de apartamento, as aves podem prestar mais atenção a quem vai partilhar o espaço com elas do que meramente à localização”, comentou Katerina. “As personalidades dos animais podem influenciar a sua organização social e sabe-se que os seres humanos também formam redes sociais com base em atributos partilhados, incluindo a personalidade.”

Os animais exibem, como nós, diferenças comportamentais, que são coerentes ao longo do tempo e constantes em diferentes situações, que podem ser consideradas traços de personalidade. Para avaliar a personalidade dos chapins-reais, os investigadores introduziram-nos num ambiente novo e analisaram as suas reações – os pássaros mais ousados mostraram-se dispostos a explorar o seu novo ambiente, enquanto os mais tímidos se mostraram mais hesitantes e cautelosos.

“Esta nova descoberta pode ajudar também a explicar a evolução da personalidade e o motivo por que os indivíduos numa população diferem no seu comportamento. Em vez de um determinado tipo de personalidade ser favorecido pela seleção natural como ‘o melhor’, estratégias comportamentais diferentes podem ser igualmente boas, dependendo de quem se escolhe para amigo ou vizinho.”

O facto de nidificarem perto de outras aves com um temperamento parecido poderá aumentar a sua possibilidade de sobrevivência. Por exemplo, se, por um lado, ter vizinhos ousados pode resultar em mais conflitos entre os machos, por outro, também poderá proporcionar uma vantagem mútua, tornando o afugentamento dos intrusos mais eficaz.

ALINHAMENTO ENTRE CORAÇÃO E MENTE, POR JESUS

Posted by Thoth3126 on 27/05/2017

Nós dos Reinos Iluminados da Criação encontramos grande prazer em trazer-lhes estas mensagens de esperança. Na medida em que o planeta e tudo “à bordo” continuam nos seus ciclos evolutivos de crescimento, sempre haverá desafios a enfrentar e as condições criadas onde vocês vão encontrar uma necessidade de buscar, a partir de dentro de si mesmos, um meio (a força) pelo qual haja o equilíbrio dos fluxos de energia para enfrentarem qualquer situação que se lhes apresente.

Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch

 

Sananda: O Alinhamento entre a mente (intelecto) e o coração (Alma) são fundamentais para uma vida satisfatória

Fonte: http://www.coachtoheaven.com/

Boa tarde, meu escriba. Sou eu,  “Jesus” Sananda, eu venho na Luz Branco-Dourada direto da fonte do Criador –  A Luz Única. Aquietai-vos, e permitam que as energias fluam. Sinta a Luz preenchendo você desde o seu interior e se expandindo para fora. Permita que as distrações do dia desapareçam na medida que a sua mente torna-se calma e constante.

 

Nós dos Reinos Iluminados da Criação encontramos grande prazer em trazer-lhes estas mensagens de esperança e força. Na medida em que o planeta e tudo “à bordo” continuam nos seus ciclos evolutivos de crescimento, sempre haverá desafios a enfrentar e as condições criadas onde vocês vão encontrar uma necessidade de buscar, a partir de dentro de si mesmos, um meio (a força) pelo qual haja o equilíbrio dos fluxos de energia em qualquer situação. Isso é para dizer que os “desafios” que surgem são muitas vezes, em sua forma mais fundamental, nada mais do que ondas de energia que precisam ser equilibrados de forma responsável.

Por exemplo, digamos que você encontre alguém que está abusando de uma criança, e como resultado você reagirá com uma forte carga emocional de raiva e frustração. Esta onda de energia emocional acaba criando uma situação de desequilíbrio (um desafio) que terá de vir a ser compensada desde dentro da pessoa que originou o surto.

Esta é talvez uma forma mais técnica para ver o estado emocional humano, mas muitas vezes sentimos que há uma grande necessidade de apresentar os diversos conceitos espirituais de uma multiplicidade de perspectivas, de modo a atingir diferenças de percepção do passado e, assim, permitir um maior potencial de compreensão do assunto.

Nós discutimos com vocês queridos muitas vezes a importância de ter o “coração” (sentimentos) e a “cabeça” (mental) alinhados, de modo a permitir um maior fluxo de energia criativa para o físico. Seria sábio para voce voltar e ler novamente as mensagens anteriores sobre este assunto, para que você e seu planeta continuem ao longo das próximas semanas, meses e anos, a absorver as conseqüências desse alinhamento (ou desalinhamento) pois isso vai se tornar muito mais do que apenas um fator em sua vida do dia-a-dia.

Na medida em que a frequência e energia de seu planeta vai continuar a se expandir, o alinhamento de suas energias mentais e emocionais (alinhamento entre a cabeça (pensamentos) e o coração {sentimentos}) vai começar a manifestar seus desejos em um ritmo cada vez maior. Se seus pensamentos e desejos estão em contradição com o que o seu coração almeja, então você provavelmente vai gerar grandes pressões internas a uma taxa cada vez maior.

Vamos dizer que a mente quer dinheiro e conforto material e a imagem externa usual de “sucesso” do atual paradigma, e seu foco mental sobre isso é grande, talvez a ponto de gerar distração e preocupação. Enquanto isso, o seu coração está clamando por oportunidades para deixar fluir o amor e a compaixão pelos outros, e estar a serviço de seus companheiros de viagem ao longo da jornada da “vida” na Terra.

Você pode ver como este desalinhamento gritante entre o seu coração e a sua mente pode levar a uma grande luta interna (pressão) em que nem o coração nem a mente prevalecerá sobre o outro? O resultado é aparente estagnação da energia criativa, como o que acontece quando você tem os dois pés no acelerador e no freio ao mesmo tempo em seu carro. Neste tipo de situação normalmente você vai oscilar, de forma incansável, de um extremo ao outro, mas, na média, estará cancelando qualquer manifestação, materialização de seus desejos. Em suma, você vai ter um monte de energia indo para lugar nenhum, um desperdício.

Para muitos de vocês este exemplo vai servir como informação geral útil e esclarecedora, e você vai levá-la e adaptá-la à sua própria situação pessoal. Outros vão deixar de reconhecer a importância do conceito de que falo. O conceito é de grande significado espiritual em que, quando você reconhece as muitas maneiras sutis que você pode ou não se distrair com situações externas de momento a momento, você vai ver como a grande maioria do seu potencial criativo é dissipada ou perdida na medida que você costuma repetir os mesmos padrões de pensamento e emoção mais e mais até, como que por acaso, “algo” acontece.

Infelizmente, este “algo” é muitas vezes de natureza aparentemente negativa, forte o suficiente para chamar a sua atenção. Estas condições aparentemente negativas são sempre orquestradas por você mesmo (o seu Eu Superior ou pela sua alma) e/ou seus Guias de forma a ajudá-lo a quebrar as condições do tipo “indo a lugar nenhum”, as rotinas repetitivas que são suscetíveis de leva-lo a cair e desviá-lo do caminho.

Testemunhamos muitos de vocês que procuram o sempre esquivo “algo” que está faltando em sua vida, que você não consegue colocar o seu dedo, mas de alguma forma sente que o está “perdendo”. Bem, você esta mesmo perdendo-o!

A maioria de vocês está perdendo grandes oportunidades para expressar e deixar fluir a Energia Infinita da Criação (Energia Deus-Força) de uma forma muito alegre e gratificante. No seu interior profundo é muitas vezes criada uma sensação incômoda de inquietude na medida que você continua a sua procura. Esta agitação é o resultado do coração estar em desalinhamento com a mente e os seus desejos.

Muitas vezes a RAZÃO (a atividade mental) determina que a vida deve ser vivida de uma determinada maneira. A imagem mental é geralmente reforçada por milhões de outros indivíduos na sociedade seguindo a mesma mentalidade de uma manada-rebanho, de modo a estabelecer um estado de “normalidade” aparente.

O padrão típico mental condicionado é algo como isto: Vá para a escola primária, em seguida, para o ensino médio; o seguinte é ir para a faculdade, ser militar, ou aprender uma profissão. Conseguir um bom emprego e começar a estabelecer o seu crédito, porque essa é “A COISA MAIS IMPORTANTE”, é o que o sistema determina. Em seguida casar e começar uma família e comprar uma casa e, assim, estabelecer a sua “estabilidade” e “normalidade”.

Isso é bom se realmente for a sua escolha. Muitas das gerações mais velhas visualizam este tipo de cenário como “bom, bom conselho” e que é altamente recomendável dar conselhos semelhantes aos seus filhos e netos.Tudo isto estaria muito bem e seria muito bom, se não fosse pelo fato de que ele coloca quase toda a ênfase sobre os “confortos” físicos externos e “títulos” obtidos nesse tipo de vida, ao invés de reconhecer que, em primeiro lugar, TODOS estão aqui em uma jornada espiritual infinita…

A sala de aula física (ocupar um corpo físico na Terra) é “apenas” um aspecto dessa viagem; mas é um excelente aspecto que proporciona a oportunidade para retardar a troca de energia a um ponto em que todo o processo de criação, isto é, que expressa energias criativas e se mantém fluindo podem ser estudadas em grande detalhe. O estudo destes fluxos de energia criativa é a principal razão para a experiência física em primeiro lugar.

Por favor, saibam que há uma grande sabedoria em buscar o equilíbrio em suas vidas em relação a sua situação atual e a situação ideal. Nós não defendemos que qualquer pessoa simplesmente abandone e deixe o seu trabalho, família, ou de quaisquer outras responsabilidades. As responsabilidades são normalmente os desafios para crescimento  que a maioria prefere ignorar ou evitar. A jornada espiritual é uma jornada interior, e grandes avanços podem ser alcançados com esforços simples em meditação e introspecção (olhando “para dentro”).

Saiba primeiro interpretar (e fundamentalmente, OUVIR) a sua própria orientação interna. Quando o coração e a MENTE estão fora de alinhamento, há sempre um sinal enviado para voce ficar ciente, uma “notificação”. O sinal é sutil a princípio, e se ignorado, vai crescer rapidamente no que você comumente se refere como um “estresse”.

Quantos de vocês vivem uma vida totalmente livre de estresse, em que tudo é perfeito e não há desafios a enfrentar ou superar? A resposta é NINGUÉM !

É natural ter desafios a enfrentar. É natural para crescer e aprender com suas experiências. Eventualmente, os desafios vão ser encarados como oportunidades que acolheram para explorar uma parte de si mesmos, na medida em que você reconhece o valor a ser obtido no trabalho através da dinâmica de energia que lhe permitirá recuperar o alinhamento adequado de energias entre o seu coração (Alma) e a sua mente (Intelecto).

 

Na medida que a maturidade e a sabedoria são alcançados, você vai achar que o balanceamento e alinhamento de energias vai se tornar natural ou um estado “crônico”. Isso não significa que sua vida será sem desafios que farão com que você precise olhar para dentro e explorar o potencial criativo interior de suas respostas. Isso significa que você será então muito mais rápido em reconhecer um desequilíbrio energético, e começar imediatamente a recuperar esse equilíbrio. Assim, a condição de estresse (desalinhado) não permanecerá muito tempo com voce, e rapidamente voce restabelecerá a saudável condição de suavidade e paz em sua vida.

Para cada um de vocês que participam lendo esta mensagem, por favor, aprendam a seguir sua intuição e orientação interior. Questione a si mesmo e pergunte: “Por que faço as coisas que eu faço? Estou vivendo minha vida do jeito que eu quero viver, ou eu estou vivendo do jeito que os outros esperam que eu viva? “

Estas podem ser perguntas difíceis para serem feitas, especialmente se as respostas sugerem que você caiu para o condicionamento mental habitual reforçada pelas massas (a consciência da manada) que tendem a ficar “carrancuda” com o candidato à liberdade que está muito ocupado na vida e experimentando “algo” que esta faltando (energia=consciência) na vida de tantas pessoas.

Esse “algo” é a alegria de permitir que a energia criadora natural e abundante do Deus Criador possa fluir através de você de uma forma deliberada de co-criação. Isto só pode ser conseguido quando realmente o coração e a mente estão em alinhamento. Quanto mais perfeito o alinhamento, maior o fluxo de energia criativa e, portanto, maior é a alegria de ser vivida e a abundância recebida.

Este alinhamento resulta em: Será feito a Tua (de Deus) Vontade.  A vontade do Criador é o que está agindo com naturalidade e fluência reconhecida quando o alinhamento perfeito entre mente e coração é alcançado.

Eu Sou “Jesus” Sananda. Venho no serviço da e na Unidade (no alinhamento perfeito) com a Luz Única-Fonte Criadora. Que cada um de vocês busque continuamente o equilíbrio interior que leva ao reconhecimento interno deste mesmo estado de clareza e de Unidade com a vontade do Criador..

Bênçãos e paz a todos.

Permitida a reprodução, desde que mantido no formato original e mencione as fontes.

www.thoth3126.com.br

 

GLÂNDULA

A glândula pineal está localizada dentro do cérebro humano, mas o seu potencial está apenas a começar a ser compreendido pelos cientistas modernos.

A glândula pineal foi a última glândula endócrina a ter a sua função descoberta. A sua localização no interior do cérebro parece indicar a sua importância. Esta combinação levou a que a glândula pineal seja um “mistério” e à volta dela existe mito, superstição e até mesmo teorias metafísicas sobre a sua função conhecida.

Rene Descartes chamou à glândula pineal a “sede da alma”, acreditando que ela é única na anatomia do cérebro humano por ser uma estrutura não duplicada no lado direito e esquerdo. Esta observação não é verdadeira, no entanto, se sob um microscópio colocássemos a glândula pineal, veríamos que é dividida em dois hemisférios finos.

A glândula pineal é ocasionalmente associada ao sexto chakra (também chamado de Ajna ou o chakra do terceiro olho no yoga). Acredita-se por alguns como um órgão dormente que pode ser despertado para permitir a comunicação “telepática”. É já conhecida a libertação a partir desta glândula de vários produtos químicos dentro do nosso corpo, incluindo um derivado da serotonina que provoca uma sensação boa, a melatonina.

Esta hormona afecta a modulação da nossa vigília e sono, mas também afecta o nosso desejo sexual de acordo com as estações do ano. Os cientistas admitem que ainda não têm uma visão completa das funções da glândula pineal.

Ela está localizada no centro do cérebro, muito escondida. É em forma de pinha e do tamanho de uma uva passa. Por incrível que pareça, é realmente bioluminescente, brilhando na escuridão do cérebro como se iluminada por uma pequena lâmpada, e também se descobriu que é sensível à luz.

Curiosamente, a anatomia da glândula na verdade consiste de uma Lente, uma Córnea e uma Retina tal como os nossos olhos.

Além disso, de acordo com o cientista Dr. Grahame Blackwell, um grande número de pequenos cristais foram encontrados na glândula, são os chamado micro-cristais de calcite. Eles têm uma semelhança impressionante com os cristais de calcite no ouvido interno, que possuem as qualidades de um campo eléctrico conhecido como piezelectricidade. Se os cristais da glândula pineal apresentam as mesmas qualidades, então isso poderia fornecer um meio pelo qual um campo magnético externo pode influenciar directamente o cérebro.

Nesta ampliação os micro-cristais da calcite  são visíveis na glândula real.

Portanto, não é surpreendente, que ao longo dos séculos da história humana, grupos esotéricos consideram a glândula pineal (ou Olho Que Tudo Vê) como sendo o nosso transmissor/receptor sem fios, o que permite conectar-nos a frequências mais altas dos mundos espirituais.

Você pode ver as representações desta glândula em forma de pinha, na forma de uma pinha, em toda a Europa e Egipto.

O Vaticano é construído no pátio da pinha, que é adornada com uma grande pedra pinha na frente da sua entrada. Ela também é encontrada no báculo usado pelo Papa, e no bastão do deus egípcio Osíris.

O Olho que Tudo Vê é também conhecido pelos maçons e outros grupos esotéricos como o olho da providência. Ele pode ser encontrado esculpido em igrejas medievais de toda a Europa. Ele pode ser visto acima da Declaração Francesa dos Direitos Humanos numa pintura de 1789. Ele também é claramente ilustrado na parte de trás da nota de um dólar nos EUA, flutuando acima de uma pirâmide egípcia. Um exemplo exacto da simbologia maçónica. Muitos acreditam que foi dada pouca atenção à simbologia na nossa sociedade da glândula pineal, porque as pessoas com poder não querem compartilhar os seus segredos com o público em geral.

Espero que os exemplos neste capítulo (Evidence & Belief) ajudem a cimentar uma crença forte no poder do universo. Vai descobrir que saber que há provas da existência de qualquer coisa, ajuda-o a acreditar que esta é real. Lembre-se, é preciso acreditar na lei universal da atracção, a fim de fazê-la funcionar. Acreditar é um ingrediente essencial…

O cristal presente na glândula pineal:

Caracterização e potencial papel na Transdução Electromecânica.

Baconnier Simon (1), B. Lang Sidney (2), de Seze Rene (3)

(1) República Democrática do Congo, Toxicologia Experimental, INERIS, 60550 Verneuil-en-Halatte, França. E-mail: simon.baconnieretudiant @ ineris.fr

(2) Departamento de Engenharia Química, Ben-Gurion University of the Negev, 84.105 Beer Sheva, Israel. E-mail: lang@bgumail.bgu.ac.il

(3) por (1) acima, mas E-mail: Rene.De-Seze @ ineris.fr

Resumo

A glândula pineal é um transdutor neuro endócrino que segrega melatonina e é responsável pelo controle do ritmo circadiano fisiológico. Uma nova forma de bio mineralização foi estudada na glândula pineal humana. Ela consiste em pequenos cristais que têm menos de 20 μm de comprimento.

Estes cristais podem ser responsáveis por um mecanismo de transdução electromecânica biológica  presente na glândula pineal, devido à sua estrutura e propriedades piezoeléctricas.

Na microscopia electrónica de varredura (MEV) e espectroscopia de energia dispersiva (EDS), foram identificados cristais de morfologia e demonstrou-se que eles apenas contêm cálcio, carbono e elementos de oxigénio.

Além disso, a difracção de electrões na área seleccionada (SAED) e espectroscopia de Raman do infravermelho próximo estabeleceram que os cristais são calcite.

Vamos agora concentrar-nos sobre o efeito fisiológico de microbiologista em culturas de células pinealócitos em Campos de Radiofrequência Electromagnética (RF-EMF).

Introdução

Devido ao rápido desenvolvimento das telecomunicações móveis, a interacção de campos electromagnéticos (CEM) com o ambiente biológico torna-se um problema de saúde pública.

Embora a acção da radiação não-ionizante sobre a biologia ainda não esteja clara, várias hipóteses de interacção têm sido sugeridas: fenómenos hot spot, interação ADN / RF-EMF, o efeito EMF no desenvolvimento celular (oncologia) [1-3].

Mas nenhum estudo convincente leva à conclusão de um risco efectivo de RF-EMF para a saúde.

A glândula pineal converte um sinal neural numa excreção do sistema endócrino. A mais importante hormona que segrega é a melatonina e o seu principal papel é controlar o ritmo circadiano fisiológico.

Duas formas de bio mineralização podem ser observadas na glândula pineal. Cálculos denominados de “areia cerebral”, formam um complexo policristalino de poucos milímetros de comprimento, e temos também os microcristais, cujo comprimento não excede 20 micrómetros. Enquanto os cálculos têm sido extensivamente estudados, nenhum estudo foi publicado sobre micro-cristais.

Neste artigo, os micro-cristais foram analisados com diferentes técnicas biofísicas. As suas propriedades físico-químicas e particularmente a piezoelectricidade poderia dar-lhes um papel activo num mecanismo potencial de transdução electromecânica do corpo pineal. Actualmente estamos a planear um estudo sobre os efeitos das ondas do Global System for Mobile (GSM) sobre esses micro-cristais em cultura celular e a sua influência sobre a fisiologia do corpo pineal.

Materiais e Métodos

Os micro-cristais foram isolados a partir da glândula pineal utilizando um procedimento desenvolvido por Weiner e Price.

Pequenos pedaços da pineal (cerca de 10 mg) foram colocados num tubo de micro-centrifugação contendo 1,5 ml de hipoclorito de sódio a 2,5% (lixívia comercial diluída) e banhada em liquido durante 20 minutos. Depois de permitir que a amostra repouse durante 1 minuto, o líquido sobrenadante foi transferido para um segundo tubo de micro-centrifugação e centrifugado a cerca de 9000 g durante 1 minuto. O sedimento contendo os sólidos foi imediatamente lavado duas vezes com etanol a 95% e, em seguida, ressuspensas em cerca de 50 μl de etanol a 100%. Deve-se ressaltar que, em nenhum momento, nenhuma das amostras entrou em contacto com soluções contendo iões de cálcio.

Foram recolhidas amostras em grades de microscopia electrónica de transmissão e analisadas com um JEOL JSM 5600 SEM. Estudos de microanálise foram realizados com um sistema analisador EDS NORAN. Porque os micro-cristais foram inicialmente muito grossos para a alta resolução da Microscopia Electrónica de Transmissão 2 (HRTEM) de observação, foram esmagados primeiro entre duas lâminas de vidro. Eles foram, então, estudados com um microscópio electrónico de transmissão JEOL-2010 equipado com um sistema ISIS analítica para espectroscopia dispersiva de raios-X de energia (EDS).

Os espectros Raman de “quase” infravermelhos de cristais isolados e calcite puros foram obtidos com um espectrómetro Bruker IFS 66 FTIR equipado com um módulo de 106 Raman FRA e um microscópio Ramanscope. As medições foram efectuadas com uma objectiva de 40x (tamanho de mancha de 25 ~ im). A resolução espectral foi de 2 cm-1. As amostras foram animadas em 1064 nm usando um díodo bombeado Nd: YAG laser em cerca de 5 mW de potência. Second Harmonic Generation estudos (SHG) foram realizadas com um laser de Nd-YAG, que a radiação produzida em 1064 nm e o de SHG foi detectado a 532 nm.

Resultados e Discussão

Os estudos de SEM de microcristais individuais permitiu a análise morfológica de alta qualidade. A morfologia mais comum era um corpo cilíndrico muito áspero com extremidades cortantes, que correspondem a cerca de 95% das amostras observadas. O tamanho de cristal variou de 1 a cerca de 20 μm. O analisador de EDS acoplado ao SEM identificou cálcio, carbono e oxigénio como sendo os principais elementos. Entre bio minerais contendo esses átomos, apenas carbonato de cálcio e oxalato de cálcio são potenciais candidatos. Os padrões de difração de electrões feita a partir de partículas foram indexados em termos de uma célula unitária hexagonal.

Espectros próximo do IR de Raman foram medidos em ambos os microcristais e em calcite em pó puro. A concordância dos picos foi excelente, confirmando a identificação dos cristais como calcite (carbonato de cálcio). Não fomos capazes de detetar SHG nem em pó de hidroxiapatita pura, nem nas grandes concreções pineal. A semelhança da intensidade da SHG em calcite ao observado em trabalhos anteriores sobre amostras de tecido da glândula pineal [11], e a ausência de SHG nas grandes concreções. Pensamos que os microcristais de calcite seriam a fonte de SHG na observação anterior.

Os microcristais da pineal aparecem como uma pilha de romboedros finas com as suas faces planas normais ao longo do eixo do cristal. Estas estruturas complexas podem ser classificados de acordo com a textura ponto grupo nomenclatura de Shubnikov et al. [12]. A textura pode ser não centrossimétrico porque a organização estrutural da sub-unidade, embora os cristais individuais tem um centro de simetria. Esta quebra de simetria permitiria tanto a SHG e a piezoeletricidade.

Calcite em otocónia, microcristais encontrados no ouvido interno otolítico, tem sido demonstrado que exibem piezeletricidade [13, 14].

Esses cristais têm uma estrutura similar à dos micro-cristais da pineal.

Por isso mesmo a propriedade piezoeléctrica dos cristais permitem-lhes interagir com o componente eléctrico de campos electromagnéticos. Uma fórmula simplificada aplicado aos cristais (f = v/2d) permite-nos a pensar que estes cristais podem ser sensíveis à RF-EMF na gama de 500 MHz a 2,5 GHz, dependendo do tamanho. Este intervalo contém frequências portáteis sem fio, GSM (872-960MHz), DCS (1710-1875MHz), UMTS (1900-1920MHz, 2010-2025MHz) ou Bluetooth (2400-2483,5 MHz). Determinação piezoeléctrico de grãos diminutos requer o desenvolvimento de novos métodos baseados em MEMS ou Instrumentos de Precisão micropinças ou correlação directa entre as propriedades electro-ópticos e em cristal piezoeclétrico com microscopia óptica.

Nós introduzimos uma nova abordagem dos efeitos biofísicos da radiação de micro-ondas fraca.

Conclusão e Perspectivas

Relatamos aqui a presença de uma nova forma de depósitos minerais na glândula pineal. Os micro-cristais de calcite teria propriedades piezoelétricas com excitabilidade na gama de frequências de comunicações móveis. A sua interacção com as ondas GSM podia constituir um novo mecanismo de electromecânico de transdução na membrana pinealócitos, influenciando pelo facto de a produção de melatonina.

A interação FR-CEM de componente eléctrico com os cristais podem induzir uma modificação morfológica dos cristais, uma vibração em função da frequência a EMF. Esta alteração morfológica, mesmo pequena, pode envolver a modificação do seu ambiente celular, através de uma modificação localizada na membrana celular das células relacionadas.

As alterações de membrana podem alterar o adrenérgico sugerido e / ou a função dos canais de cálcio.

Um mecanismo semelhante de magneto-transdução foi revelada por Kirschvink em conexão com os cristais de magnetite do cérebro e da sua interacção com o componente magnético de RF-EMF [15].

Pinealócitos podem “comunicar” por meio da sua junção gap [16, 17]. A deformação provocada pelas vibrações do cristal pode, por conseguinte, pela simples activação de um ou dois pinealócitos, activar a toda uma zona de células da pineal e assim actuar sobre a fisiologia pineal.

O projecto científico a ser desenvolvido é o de determinar a influência de GSM RF-EMF sobre a fisiologia da glândula pineal / pinealócitos e através da produção electromecânica de transdução dos micro-cristais da pineal. Usando testes de ELISA e microscopia co focal de varredura a laser, vamos estudar a evolução da produção de melatonina e variação no fluxo de cálcio de células em cultura de células pineal primário.

(Rise Earth)

by Alexandre Esteves in Espiritualidade Fonte: Fonte:prisaoplanetaria.com

Venham conhecer, conferir e curtir a Comunidade do Portal Arco Íris no facebook

https://www.facebook.com/PortalArcoIrisNucleoDeIntegracaoECuraCosmica

GLÂNDULA PINEAL: UM TRANSDUTOR DE CRISTAL

A glândula pineal está localizada dentro do cérebro humano, mas o seu potencial está apenas a começar a ser compreendido pelos cientistas modernos.

A glândula pineal foi a última glândula endócrina a ter a sua função descoberta. A sua localização no interior do cérebro parece indicar a sua importância. Esta combinação levou a que a glândula pineal seja um “mistério” e à volta dela existe mito, superstição e até mesmo teorias metafísicas sobre a sua função conhecida.

Rene Descartes chamou à glândula pineal a “sede da alma”, acreditando que ela é única na anatomia do cérebro humano por ser uma estrutura não duplicada no lado direito e esquerdo. Esta observação não é verdadeira, no entanto, se sob um microscópio colocássemos a glândula pineal, veríamos que é dividida em dois hemisférios finos.

A glândula pineal é ocasionalmente associada ao sexto chakra (também chamado de Ajna ou o chakra do terceiro olho no yoga). Acredita-se por alguns como um órgão dormente que pode ser despertado para permitir a comunicação “telepática”. É já conhecida a libertação a partir desta glândula de vários produtos químicos dentro do nosso corpo, incluindo um derivado da serotonina que provoca uma sensação boa, a melatonina.

Esta hormona afecta a modulação da nossa vigília e sono, mas também afecta o nosso desejo sexual de acordo com as estações do ano. Os cientistas admitem que ainda não têm uma visão completa das funções da glândula pineal.

Ela está localizada no centro do cérebro, muito escondida. É em forma de pinha e do tamanho de uma uva passa. Por incrível que pareça, é realmente bioluminescente, brilhando na escuridão do cérebro como se iluminada por uma pequena lâmpada, e também se descobriu que é sensível à luz.

Curiosamente, a anatomia da glândula na verdade consiste de uma Lente, uma Córnea e uma Retina tal como os nossos olhos.

Além disso, de acordo com o cientista Dr. Grahame Blackwell, um grande número de pequenos cristais foram encontrados na glândula, são os chamado micro-cristais de calcite. Eles têm uma semelhança impressionante com os cristais de calcite no ouvido interno, que possuem as qualidades de um campo eléctrico conhecido como piezelectricidade. Se os cristais da glândula pineal apresentam as mesmas qualidades, então isso poderia fornecer um meio pelo qual um campo magnético externo pode influenciar directamente o cérebro.

Nesta ampliação os micro-cristais da calcite  são visíveis na glândula real.

Portanto, não é surpreendente, que ao longo dos séculos da história humana, grupos esotéricos consideram a glândula pineal (ou Olho Que Tudo Vê) como sendo o nosso transmissor/receptor sem fios, o que permite conectar-nos a frequências mais altas dos mundos espirituais.

Você pode ver as representações desta glândula em forma de pinha, na forma de uma pinha, em toda a Europa e Egipto.

O Vaticano é construído no pátio da pinha, que é adornada com uma grande pedra pinha na frente da sua entrada. Ela também é encontrada no báculo usado pelo Papa, e no bastão do deus egípcio Osíris.

O Olho que Tudo Vê é também conhecido pelos maçons e outros grupos esotéricos como o olho da providência. Ele pode ser encontrado esculpido em igrejas medievais de toda a Europa. Ele pode ser visto acima da Declaração Francesa dos Direitos Humanos numa pintura de 1789. Ele também é claramente ilustrado na parte de trás da nota de um dólar nos EUA, flutuando acima de uma pirâmide egípcia. Um exemplo exacto da simbologia maçónica. Muitos acreditam que foi dada pouca atenção à simbologia na nossa sociedade da glândula pineal, porque as pessoas com poder não querem compartilhar os seus segredos com o público em geral.

Espero que os exemplos neste capítulo (Evidence & Belief) ajudem a cimentar uma crença forte no poder do universo. Vai descobrir que saber que há provas da existência de qualquer coisa, ajuda-o a acreditar que esta é real. Lembre-se, é preciso acreditar na lei universal da atracção, a fim de fazê-la funcionar. Acreditar é um ingrediente essencial…

O cristal presente na glândula pineal:

Caracterização e potencial papel na Transdução Electromecânica.

Baconnier Simon (1), B. Lang Sidney (2), de Seze Rene (3)

(1) República Democrática do Congo, Toxicologia Experimental, INERIS, 60550 Verneuil-en-Halatte, França. E-mail: simon.baconnieretudiant @ ineris.fr

(2) Departamento de Engenharia Química, Ben-Gurion University of the Negev, 84.105 Beer Sheva, Israel. E-mail: lang@bgumail.bgu.ac.il

(3) por (1) acima, mas E-mail: Rene.De-Seze @ ineris.fr

Resumo

A glândula pineal é um transdutor neuro endócrino que segrega melatonina e é responsável pelo controle do ritmo circadiano fisiológico. Uma nova forma de bio mineralização foi estudada na glândula pineal humana. Ela consiste em pequenos cristais que têm menos de 20 μm de comprimento.

Estes cristais podem ser responsáveis por um mecanismo de transdução electromecânica biológica  presente na glândula pineal, devido à sua estrutura e propriedades piezoeléctricas.

Na microscopia electrónica de varredura (MEV) e espectroscopia de energia dispersiva (EDS), foram identificados cristais de morfologia e demonstrou-se que eles apenas contêm cálcio, carbono e elementos de oxigénio.

Além disso, a difracção de electrões na área seleccionada (SAED) e espectroscopia de Raman do infravermelho próximo estabeleceram que os cristais são calcite.

Vamos agora concentrar-nos sobre o efeito fisiológico de microbiologista em culturas de células pinealócitos em Campos de Radiofrequência Electromagnética (RF-EMF).

Introdução

Devido ao rápido desenvolvimento das telecomunicações móveis, a interacção de campos electromagnéticos (CEM) com o ambiente biológico torna-se um problema de saúde pública.

Embora a acção da radiação não-ionizante sobre a biologia ainda não esteja clara, várias hipóteses de interacção têm sido sugeridas: fenómenos hot spot, interação ADN / RF-EMF, o efeito EMF no desenvolvimento celular (oncologia) [1-3].

Mas nenhum estudo convincente leva à conclusão de um risco efectivo de RF-EMF para a saúde.

A glândula pineal converte um sinal neural numa excreção do sistema endócrino. A mais importante hormona que segrega é a melatonina e o seu principal papel é controlar o ritmo circadiano fisiológico.

Duas formas de bio mineralização podem ser observadas na glândula pineal. Cálculos denominados de “areia cerebral”, formam um complexo policristalino de poucos milímetros de comprimento, e temos também os microcristais, cujo comprimento não excede 20 micrómetros. Enquanto os cálculos têm sido extensivamente estudados, nenhum estudo foi publicado sobre micro-cristais.

Neste artigo, os micro-cristais foram analisados com diferentes técnicas biofísicas. As suas propriedades físico-químicas e particularmente a piezoelectricidade poderia dar-lhes um papel activo num mecanismo potencial de transdução electromecânica do corpo pineal. Actualmente estamos a planear um estudo sobre os efeitos das ondas do Global System for Mobile (GSM) sobre esses micro-cristais em cultura celular e a sua influência sobre a fisiologia do corpo pineal.

Materiais e Métodos

Os micro-cristais foram isolados a partir da glândula pineal utilizando um procedimento desenvolvido por Weiner e Price.

Pequenos pedaços da pineal (cerca de 10 mg) foram colocados num tubo de micro-centrifugação contendo 1,5 ml de hipoclorito de sódio a 2,5% (lixívia comercial diluída) e banhada em liquido durante 20 minutos. Depois de permitir que a amostra repouse durante 1 minuto, o líquido sobrenadante foi transferido para um segundo tubo de micro-centrifugação e centrifugado a cerca de 9000 g durante 1 minuto. O sedimento contendo os sólidos foi imediatamente lavado duas vezes com etanol a 95% e, em seguida, ressuspensas em cerca de 50 μl de etanol a 100%. Deve-se ressaltar que, em nenhum momento, nenhuma das amostras entrou em contacto com soluções contendo iões de cálcio.

Foram recolhidas amostras em grades de microscopia electrónica de transmissão e analisadas com um JEOL JSM 5600 SEM. Estudos de microanálise foram realizados com um sistema analisador EDS NORAN. Porque os micro-cristais foram inicialmente muito grossos para a alta resolução da Microscopia Electrónica de Transmissão 2 (HRTEM) de observação, foram esmagados primeiro entre duas lâminas de vidro. Eles foram, então, estudados com um microscópio electrónico de transmissão JEOL-2010 equipado com um sistema ISIS analítica para espectroscopia dispersiva de raios-X de energia (EDS).

Os espectros Raman de “quase” infravermelhos de cristais isolados e calcite puros foram obtidos com um espectrómetro Bruker IFS 66 FTIR equipado com um módulo de 106 Raman FRA e um microscópio Ramanscope. As medições foram efectuadas com uma objectiva de 40x (tamanho de mancha de 25 ~ im). A resolução espectral foi de 2 cm-1. As amostras foram animadas em 1064 nm usando um díodo bombeado Nd: YAG laser em cerca de 5 mW de potência. Second Harmonic Generation estudos (SHG) foram realizadas com um laser de Nd-YAG, que a radiação produzida em 1064 nm e o de SHG foi detectado a 532 nm.

Resultados e Discussão

Os estudos de SEM de microcristais individuais permitiu a análise morfológica de alta qualidade. A morfologia mais comum era um corpo cilíndrico muito áspero com extremidades cortantes, que correspondem a cerca de 95% das amostras observadas. O tamanho de cristal variou de 1 a cerca de 20 μm. O analisador de EDS acoplado ao SEM identificou cálcio, carbono e oxigénio como sendo os principais elementos. Entre bio minerais contendo esses átomos, apenas carbonato de cálcio e oxalato de cálcio são potenciais candidatos. Os padrões de difração de electrões feita a partir de partículas foram indexados em termos de uma célula unitária hexagonal.

Espectros próximo do IR de Raman foram medidos em ambos os microcristais e em calcite em pó puro. A concordância dos picos foi excelente, confirmando a identificação dos cristais como calcite (carbonato de cálcio). Não fomos capazes de detetar SHG nem em pó de hidroxiapatita pura, nem nas grandes concreções pineal. A semelhança da intensidade da SHG em calcite ao observado em trabalhos anteriores sobre amostras de tecido da glândula pineal [11], e a ausência de SHG nas grandes concreções. Pensamos que os microcristais de calcite seriam a fonte de SHG na observação anterior.

Os microcristais da pineal aparecem como uma pilha de romboedros finas com as suas faces planas normais ao longo do eixo do cristal. Estas estruturas complexas podem ser classificados de acordo com a textura ponto grupo nomenclatura de Shubnikov et al. [12]. A textura pode ser não centrossimétrico porque a organização estrutural da sub-unidade, embora os cristais individuais tem um centro de simetria. Esta quebra de simetria permitiria tanto a SHG e a piezoeletricidade.

Calcite em otocónia, microcristais encontrados no ouvido interno otolítico, tem sido demonstrado que exibem piezeletricidade [13, 14].

Esses cristais têm uma estrutura similar à dos micro-cristais da pineal.

Por isso mesmo a propriedade piezoeléctrica dos cristais permitem-lhes interagir com o componente eléctrico de campos electromagnéticos. Uma fórmula simplificada aplicado aos cristais (f = v/2d) permite-nos a pensar que estes cristais podem ser sensíveis à RF-EMF na gama de 500 MHz a 2,5 GHz, dependendo do tamanho. Este intervalo contém frequências portáteis sem fio, GSM (872-960MHz), DCS (1710-1875MHz), UMTS (1900-1920MHz, 2010-2025MHz) ou Bluetooth (2400-2483,5 MHz). Determinação piezoeléctrico de grãos diminutos requer o desenvolvimento de novos métodos baseados em MEMS ou Instrumentos de Precisão micropinças ou correlação directa entre as propriedades electro-ópticos e em cristal piezoeclétrico com microscopia óptica.

Nós introduzimos uma nova abordagem dos efeitos biofísicos da radiação de micro-ondas fraca.

Conclusão e Perspectivas

Relatamos aqui a presença de uma nova forma de depósitos minerais na glândula pineal. Os micro-cristais de calcite teria propriedades piezoelétricas com excitabilidade na gama de frequências de comunicações móveis. A sua interacção com as ondas GSM podia constituir um novo mecanismo de electromecânico de transdução na membrana pinealócitos, influenciando pelo facto de a produção de melatonina.

A interação FR-CEM de componente eléctrico com os cristais podem induzir uma modificação morfológica dos cristais, uma vibração em função da frequência a EMF. Esta alteração morfológica, mesmo pequena, pode envolver a modificação do seu ambiente celular, através de uma modificação localizada na membrana celular das células relacionadas.

As alterações de membrana podem alterar o adrenérgico sugerido e / ou a função dos canais de cálcio.

Um mecanismo semelhante de magneto-transdução foi revelada por Kirschvink em conexão com os cristais de magnetite do cérebro e da sua interacção com o componente magnético de RF-EMF [15].

Pinealócitos podem “comunicar” por meio da sua junção gap [16, 17]. A deformação provocada pelas vibrações do cristal pode, por conseguinte, pela simples activação de um ou dois pinealócitos, activar a toda uma zona de células da pineal e assim actuar sobre a fisiologia pineal.

O projecto científico a ser desenvolvido é o de determinar a influência de GSM RF-EMF sobre a fisiologia da glândula pineal / pinealócitos e através da produção electromecânica de transdução dos micro-cristais da pineal. Usando testes de ELISA e microscopia co focal de varredura a laser, vamos estudar a evolução da produção de melatonina e variação no fluxo de cálcio de células em cultura de células pineal primário.

(Rise Earth)

by Alexandre Esteves in Espiritualidade Fonte: Fonte:prisaoplanetaria.com

Venham conhecer, conferir e curtir a Comunidade do Portal Arco Íris no facebook

https://www.facebook.com/PortalArcoIrisNucleoDeIntegracaoECuraCosmica

EVIDÊNCIA CIENTÍFICA IRREFUTÁVEL DE QUE SOMOS TODOS U M.

Se um sistema não interage com seu ambiente de alguma maneira… Ele não existe na natureza.

Vou começar este artigo com a definição de um sistema isolado: implica em um sistema que não interage com outros sistemas no seu ambiente de alguma forma. Agora eu pergunto: Existe um sistema isolado ?

Um sistema isolado é baseado em algo que não é mantido na natureza. Curioso. Até agora, toda exploração científica considerou as coisas como sistemas isolados. Por exemplo, os cientistas separam algo e olham como partes pequenas e separadas. Mas isso não existe na natureza, não existe em nenhum sistema, não em atração gravitacional, não em funções biológicas, não em engenharia mecânica, não em sistemas sociológicos, etc. Nos ensinamentos budistas tibetanos isto é referido como orpratityasamutpada, origem dependente. É a noção de que as coisas só existem como sistemas referenciais para causa e efeito de outras coisas. Ou, nada existe em um sistema fechado. A escola de Huayan-Zong estabelecida durante a dinastia de Tang ensina este ponto como um foco preliminar de sua teoria espiritual. Os Upanishads e Vedas falam repetidamente. Há inúmeras outras tradições em toda a Índia, Japão, Ásia, Coreia, China, Austrália, África e em outros lugares que contam a mesma história.

Vou usar a geometria para explicar este ponto. Tomemos qualquer forma, vamos olhar para um círculo, é um sistema isolado ? Ele divide o espaço entre o interior e o exterior. Na verdade, cada círculo é apenas outro ponto de informação, ou energia. Dentro de um círculo, pode haver círculos menores, e assim por diante, infinitamente. Então, novamente, não é um sistema isolado, porque o “espaço” pode sempre ser dividido em diâmetros menores, ou diâmetros maiores, de modo que o contorno do círculo é apenas uma descrição temporária de energia ou informação. Isto é essencialmente o que os fractais são, uma descrição infinita da informação em formas cada vez menores e recorrentes ou definições de espaço. Mas essas definições podem ser redefinidas infinitamente. Não existem sistemas isolados. Esta é a premissa da física holográfica. Toda a informação está presente em cada parte porque é referencial a todas as outras partes do “sistema.” O sistema, portanto, não é fechado, mas infinito.

As pessoas são semelhantes. Usamos nossos contornos, assim como o diâmetro de um círculo para nos definir, e agimos como se fossemos um sistema isolado, mas não somos. Dizemos que não temos comida, dinheiro, tempo, energia, etc., mas isso é pura falácia, cientificamente. Se somos infinitos, então nossos recursos também o são. Nossa energia é infinita. Nossa informação é infinita. O eu finito é uma ilusão, não apenas em termos esotéricos ou espirituais, mas em termos científicos.

O espaço está em toda parte, entre galáxias, estrelas, quasares, planetas, átomos, no material mais denso ainda há espaço. Buckminster Fuller disse: “Nada se toca”. Isso é quanto de espaço existe. Mesmo um átomo é feito de 99,99999% de espaço. É o .00001% que chamamos de “mundo real”. Chamamos esse sistema isolado de realidade. Ignoramos a verdade diariamente. A matéria não define o espaço. A matéria é definida pelo espaço.

A teoria de campo unificado, como proposto pela primeira vez por Einstein, quando ele tentou corrigir nossos conceitos de um sistema fechado, fundindo a teoria geral da relatividade e nossa compreensão do eletromagnetismo ou interação eletromagnética, a substância organizadora até então desconhecida que mantém juntos os quarks para formar nêutrons, prótons e núcleos de átomos, eletroatividade de curto alcance e interação gravitacional em todas as partículas ainda é uma teoria porque os cientistas não entendem o que organiza uma substância ou principalmente o que permite a interação contínua de todos os sistemas. De fato, na física moderna, a gravidade é a força mais difícil de incluir na teoria do campo unificado, porque a relatividade geral e a mecânica quântica parecem estar em conflito uma com a outra.

É de fato, a suposição de que esses “sistemas fechados” reagem independentemente um do outro que forma o enigma final. Um TDT ou Teoria De Tudo que busca reunir todas as formas conhecidas de matéria física para explicar o que as pessoas com conhecimentos espirituais têm afirmado, que SOMOS TODOS UM. Arquimedes e Einstein tentaram encontrar a TDT, assim como cientistas no Havaí e numerosos professores bem credenciados em Universidades do mundo inteiro. Platão e Sócrates queriam uma resposta à nossa unidade, assim como Galileu.

Se alguém ler o paṭicca-samuppāda, um importante texto Pali, onde pode decidir se tudo existe ou nada existe, opostos polares à verdade da matéria que estão em relação uns com os outros, existe um caminho do meio. (Sim, o famoso meio-termo do qual Buda falou) que liga todos os fenômenos físicos, mentais e outros juntos. Na verdade, a palavra loka, que muitas vezes é traduzida para significar “mundo”, significa realmente “um lugar aberto ou um espaço aberto”.

O Espaço Compõe 99.99999% de Todas as Coisas.

Se somos realmente 99,99999% espaço e o mundo/loka é um espaço aberto ou lugar, então como estamos limitados, ou em um sistema fechado com falta e necessidade ? Somos um sistema aberto, integralmente relacionados, dependentes uns dos outros para a existência e a realidade. Os físicos podem ainda não ter descoberto a TDT, mas existem provas científicas irrefutáveis que não podem ser ignoradas. SOMOS TODOS UM mais do que metaforicamente, de uma maneira que nos permite largar tudo e cantar fisicamente, mentalmente e relacionalmente.

Adendo a Luz é Invencível:
A importância dos vídeos abaixo com certeza vale o esforço em dedicar uma fração de tempo na sua visualização, eles reforçam o texto em relação ao nosso sentido de unidade.


©Christina Sarich

Origem: Na 5 Dimensão

OBS: Com o objetivo de facilitar a leitura alguns dos links estão acionando a tradução do google, caso alguém deseja ver o texto original é só clicar no botão “original”.

Tradução e Divulgação: A Luz é Invencível ☼