“TORNARAM-SE TÃO ACOSTUMADOS COM SUAS SEVERAMENTE LIMITADAS VIDAS COMO SERES HUMANOS QUE ELAS LHES PARECEM NORMAIS”

O processo de despertar da humanidade para muitos que, agora, estão tomando consciência, parece muito estranho o fato de que são seres espirituais tendo uma experiência humana muito temporária. Na medida em que sentem o impulso ou ouvem o chamado para atenderem suas vidas interiores e suas vidas espirituais e, tendo-lhes dedicado muito pouco de seus tempos ou atenção, até agora, parece-lhes algo um pouco ameaçador e bastante exigente.

Para as pessoas, novos interesses ou ocupações, muitas vezes, parecem um pouco ameaçadores, porque elas se acostumaram a seguir uma rotina regular que funciona para elas e que não gostam de mudá-la e, novos interesses ou ocupações novas sempre exigem mudanças.

Se procuradas, elas podem ser excitantes e energizantes, todavia, se lhes parece que estão sendo impostas a fazer algo, resistem fortemente. Com o último cenário, frequentemente entram em negação e se recusam a abordar o assunto referente às mudanças. E mudança, é o único aspecto imutável da ilusão!

Agora, na Terra, na medida em que aqueles que leem as mensagens canalizadas dos reinos espirituais estão bem cientes, enormes mudanças estão acontecendo, mudanças que podem parecer impactantes enquanto a velha ordem e a rotina que ela gerenciou se colapsam. Conflitos e violências estão surgindo em muitos lugares inesperados, na  medida em que a herança cármica de milhares de anos de vida no plano terrestre sobe à superfície da consciência coletiva da humanidade para ser reconhecida, aceita, perdoada e liberada.

E, porque, a dor e o sofrimento que estão sendo revelados são tão intensos, muitos estão em choque. O pequeno e seguro mundo, em que tantos procuraram refúgio, está provando não ser nada do prometido. Realmente, está proporcionando um intenso despertador para a humanidade, uma vez que está a conduzi-los para o despertar, para a plena consciência e que, apesar, de todas as aparências em contrário, realmente, é uma razão para alegria.

Ao se alegrarem, elevam seus campos vibratórios e inspiram-se, encorajando-os a permitirem que suas energias criativas fluam. E, quando elas fluem livremente e vocês se envolvem com elas ou seguem com elas suas motivações para fazer algo se intensifica. São todos criadores, assim, como Deus é e, quando estão envolvidos criativamente, sem julgamento ou ansiedade, a alegria preenche seus corações. Criar é ser semelhante a Deus e, porque Deus os criou à Sua própria imagem e semelhança, todos vocês são como Ele, criadores.

O sentido humano de estar separado, um ser individual separado de todos os outros, encoraja um sentimento de inadequação, por causa das limitações que o ser humano impõe sobre si mesmo. Ou seja, veem os outros fazendo coisas que não podem fazer e se sentem menores do que eles. Então, tentam compensar essa inadequação trabalhando mais, estudando mais e obtendo mais qualificações para competir com os outros e vencerem.

No entanto, todo o ponto de ser humano é reconhecer seu próprio lado criativo e desenvolver isso, que é bem diferente de qualquer outro. Na verdade, é único porque, ninguém, é igual a qualquer outra pessoa. Quando se honram com suas próprias singularidades, suas próprias habilidades criativas individuais e se permite desenvolvê-las, encontram satisfação e contentamento, e não precisam mais se medirem contra os outros e julgarem as diferenças entre vocês como boas ou más, certas ou erradas.

E então, é claro, não surgem conflitos. O conflito surge porque seus egos continuam gritando: “eu, eu, eu!” E eles fazem isso porque se sentem inseguros, ameaçados, não apenas pelas competências e habilidades que veem em outros e que eles não podem ver em si mesmos, mas que, também, porque não reconhecem como valiosas suas próprias e diferentes habilidades criativas.

Não podem ser como outras pessoas, só podem ser vocês mesmos e, ainda assim, em muitas culturas existe um constante e contínuo julgamento coletivo, sugerindo que se pudessem ser como qualquer outra pessoa, seriam muito mais felizes com, aqueles julgados por vocês como sendo os escolhidos para serem aceitos como mais válidos do que si próprios.

No entanto, cada pessoa é única. Deus as criou perfeitamente como são e Ele não deseja que tentem ser como qualquer outra pessoa. Tentar ser uma pessoa melhor, sendo como outra pessoa é renunciar a si mesmo e repudiar o belo ser que seu Pai amoroso criou. Na verdade, é um julgamento negativo de Deus!

Todavia, Deus não se ofende, Ele é Amor perfeito, infinito e incondicional, aceitando a todos de forma completa e plena. Ele não faz exceções porque criou a todos como aspectos perfeitos ou partes de Si mesmo, exceto pelo fato de que não são partes ou aspectos d’Ele e sim são todos UM com Ele. Julgá-lo, seria como julgarem a si mesmos e isso não faz sentido.

Atenta e regularmente, precisam se concentrar na verdade divina de que vocês e Deus são UM. Precisam se manter lembrados disso. Existe um ditado na grande comunidade mundial de auto-aperfeiçoamento que diz “Imite até fazer isso!” Bem, já fizeram isso. São o que são, devido a religião, culturas, etnias e várias outras influências que atuaram nos seus crescimentos e desenvolvimento humano, apenas, por se recusarem a estarem cientes disso.

A escolha original para experimentar a separação de Deus, construindo a ilusão e se mudando para dentro dela, incluía a  escolha  de, então, serem inconscientes de suas heranças divinas. Queriam desfazer seus relacionamentos eternos em serem UM com Deus e seguirem sozinhos, separados, descompactados, desconectados da Fonte que é cada um de Vocês!

E, com suas poderosas energias criativas, conseguiram construir um ambiente onde parece que estão sozinhos, sendo seres muito pequenos e insignificantes num vasto e esmagador Cosmos. Mas é claro que vocês são esse cosmos e tudo o que mais existe! Só existe Deus. Não há nada além d’Ele e, portanto, cada um de vocês é Ele, todavia, com quase toda consciência desse sublime estado ausente de suas consciências enquanto estão em forma humana.

Despertar, como estão fazendo é, mais uma vez, conhecerem a si mesmos UM com Deus, inseparáveis d’Ele e eternamente criadores com Ele para o deleite e alegria em fazê-lo. E essa alegria é totalmente além da descrição e de suas capacidades de conceberem em seus estados severamente limitados de estarem como seres humanos. Escolheram a limitação porque a ideia parecia favorável. Entretanto, não perceberam quão intensa seria essa limitação ou quão incapacitados e fracos se sentiriam, confinados, dentro de seus corpos humanos.

Seus corpos são essenciais para suas permanências na ilusão e podem proporcionar alegria e prazer, bem como dor e sofrimento. Todavia, não podem abraçar a plenitude do campo de energia que é Deus, que é o Amor, que é a Realidade. Se tentassem fazê-lo, se desintegrariam instantaneamente e muito violentamente, exigindo de vocês um período muito longo de descanso e recuperação do choque de um evento tão intenso.

O processo de despertar foi planejado com cuidado e divinamente para garantir que viesse a acontecer suave e gentilmente e com a intensa experiência de serem amados. Quando sentirem o Amor que está sendo oferecido, serão incapazes de resistir ou recuarem d’Ele, porque, Sua atração é muito forte e que irá atraí-los para casa, que é, onde, no nível mais profundo de cada um de vocês sempre estiveram.

Despertar não exige nada de vocês. Tudo que precisam fazer é permitirem que aconteça. Tornaram-se tão acostumados às suas vidas severamente limitadas como seres humanos que lhes parece normal e, então, ficam muito relutantes em abrir seus portões para isso. Para a maioria de vocês parece que seus corpos humanos propicia a única forma de vida disponível e que, mesmo que seja muito dolorosa não desejam se desfazer dela.

O propósito de, diariamente, irem para aquele sagrado santuário interior, onde a Luz do Amor de Deus queima continuamente, é de se tornarem suavemente aclimatados com o Amor. O Amor é PODEROSO! Vocês não têm ideia de quão poderoso Ele é e que, quando, se reconhecerem mais uma vez como Amor, como desejam, a alegria e a maravilha – o Tsunami do Amor – inundará seus corações, na medida em que, mais uma vez, se tornarem conscientes de Quem São, perfeitos filhos de Deus, para sempre UM com Ele em resplendor e glória.

Todos os desejos, necessidades e medos terão se dissolvidos na medida em que a Unidade que é Deus e cada um de Vocês, mais uma vez, estarão conscientemente reconhecidos e amorosamente abraçados. Existe um ditado bem conhecido que diz: “O Lar é onde o coração está!” E isso é verdade.

Com muito Amor,

Saul.

Canal: John Smallman

Fonte: http://johnsmallman.wordpress.com/

Tradução: Sementes das Estrelas / Candido Pedro Jorge

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s