A CONSCIÊNCIA É PARA A NOSSA EVOLUÇÃO E SOBREVIVÊNCIA COLETIVA

Toda a ideia de compaixão é baseada em uma consciência aguda da interdependência de todos os seres vivos, que são todos parte um do outro e todos estão envolvidos uns com os outros”. ~Thomas Merton

A consciência pode ser um conceito estranho para os não iniciados. Aqueles que só estão correndo na esteira da vida não conseguem compreender um conceito como a consciência. A consciência é a capacidade de perceber, sentir ou estar consciente de eventos e circunstâncias que afetam nossa vida. O aumento da consciência de nossa conexão com tudo é provavelmente a única coisa que determinará o destino de nossa espécie, biodiversidade e ecossistemas nos próximos anos.

Examinando a Consciência

Vamos nos aprofundar sobre o que é a consciência e porque ela é tão importante. Encontramos três níveis de consciência em nossa vida diária. Em primeiro lugar, existe o mundo físico em que vivemos. Coisas como a casa em que vivemos e tudo o que está relacionado com ela. Móveis, iluminação, tapetes e todos os itens colecionáveis que acumulamos. Em seguida, fora de sua residência existe outra camada de ambiente. Isto inclui nossos vizinhos, o bairro e os arredores em que vivemos. Mais longe existe o ambiente maior que sabemos que está lá, mas não podemos ver de onde estamos.

A maioria de nós, embora não todos, está preso em seu próprio mundo, focado em ter certeza de que tudo corre bem conforme o planejado e que sua vida vai deixar marcas. Nossa consciência só se estende à nossa vida imediata. Assumimos como garantido as coisas essenciais que tornam a vida possível como o ar, a água, a biosfera, o vento, a chuva, a luz, a temperatura, a umidade e uma multidão de espécies animais e plantas. É somente quando algo dá errado e falta algum destes componentes mais básicos da vida que nós nos tornamos cientes de sua importância. A frase abaixo resume isto de forma brilhante:

Quando eu tenho uma dor de dente, descubro que não ter dor de dente é uma coisa maravilhosa. Isso é paz. Eu tive que ter uma dor de dente para ser esclarecido, para saber que não ter é maravilhoso”. ~Thich Nhat Hanh

Isto levanta a questão: a humanidade tem que se submeter a esta dor de dente (depleção ambiental) para entender como é não ter uma dor de dente ? Isto faz parte do processo natural de evolução da nossa consciência ?

Por Que a Consciência é Tão Difícil de Alcançar ?

Despertar e tomar consciência é como se recuperar de uma ressaca. Estamos alegremente dormindo e nos sentindo bem deitados na cama o dia todo. Sair da cama é a opção difícil e pode doer. Ficar dormindo na cama o dia todo é a opção fácil. Como a nossa ressaca, pode ser desagradável acordar depois de anos de sono no volante da nossa vida. É fácil seguir os movimentos e ser alimentado com uma dieta de pensamentos tipo “comida rápida” e entretenimento fútil.

Poderia perturbar o carrinho de maçã se começarmos a pensar, sentir e responder por nós mesmos. Consciência é sobre mudança e a mudança pode ser difícil para alguns. Muitos ficam presos, distraídos com a futilidade, se esforçando em busca de algo que é inatingível. Se esforçando por bens materiais e buscando satisfação no ter ao invés do ser. O mundo natural fica esquecido e se torna algo separado da nossa existência, resultando na situação em que estamos.

Em grande parte de nossa vida vivemos uma existência condicionada, como o que fazemos e pensamos é um produto de nossas experiências e crenças. Muitas das coisas que fazemos são derivadas de hábitos que copiamos dos outros. Nossos trabalhos, relacionamentos, necessidades e desejos derivam de nossa existência condicionada. O mais infeliz sobre tal condicionamento é que é duro se libertar deles, é difícil de mudar, assim muitos de nós preferem seguir sofrendo.

Como Seres Humanos, Nos Tornamos Conectados à Coisas

No mundo ocidental, a maior parte do que fazemos está associada à propriedade: minha propriedade, minha carreira, meu carro, minha vida, meus objetivos, etc. Encontramo-nos apegados e envolvidos com coisas que se relacionam à propriedade. É difícil tomar consciência dos desafios que a humanidade enfrenta quando a maioria do nosso tempo é dedicado a manter o controle das posses materiais. Como seres humanos, também nos apegamos a pensamentos, opiniões, crenças e atitudes que herdamos do sistema.

Com uma forte associação a certos pensamentos, é difícil deixar fluir e ver as coisas de uma perspectiva diferente. Então o que acontece ? Ficamos presos com as nossas opiniões testadas e experimentadas do mundo, mas fechados para novas e emocionantes ideias e pensamentos. Isto bloqueia o caminho para uma verdadeira conscientização, por isto que muitas vezes é difícil questionar quando existem evidências tão esmagadoras (mesmo manipuladas) para apoiar dados científicos (como no caso das mudanças climáticas).

Foi Aristóteles quem disse: “A marca de uma mente educada é ser capaz de desenvolver um pensamento sem precisar aceitá-lo”. Nossa incapacidade de permanecer desapegado das ideias, crenças e condicionamentos tem muito a ver com o nosso fracasso em prever mudanças ambientais significativas. Nossa falta geral de consciência é um sintoma do nosso egocentrismo e de uma mente condicionada que nos mantêm presos em falsas ideias e realidades, às vezes indefinidamente. Nossa desconexão da natureza e incapacidade de experimentar a percepção do momento presente é substituída pela trivialidade e distração que buscamos compensar através do materialismo e entretenimento de curto prazo.

Se a humanidade quer realmente avançar e resolver alguns dos problemas urgentes atuais, deve refletir e observar a si mesma. Somente observando a nós mesmos, podemos entender por que fazemos as coisas que fazemos. Por que eu fiz isso? O que me motivou a me comportar desta maneira ? Que impacto minhas ações têm nos outros e no planeta ? Quando estivermos conscientes de nossos estados e ações, estamos mais bem posicionados para ver as coisas como elas realmente são. Tornemo-nos conscientes. Através da consciência, começamos a ver a beleza, complexidade e simplicidade na natureza. Esperamos que a humanidade desperte logo para a realidade que não ter uma dor de dente é uma coisa maravilhosa…

Excertos de: “Um ~ Guia de Sobrevivência Para o Futuro…

©Andrew Martin

Origem: collective-evolution

Tradução e Divulgação: A Luz é Invencível ☼

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s